Instagram Youtube Flickr

Revista GNU | Conheça a quarta sede do GNU

Agora é oficial: o Grêmio Náutico União (GNU) incorporou o Petrópole Tênis Clube (PTC). O tradicional clube do bairro Petrópolis, com seus 75 anos, passa a ser a quarta sede do GNU.

Além da ampliação dos espaços de lazer e de convívio social, o União vislumbrou na oportunidade de incorporação o aumento significativo de escolas esportivas de algumas modalidades e uma forma de estender a qualidade de atendimento já prestada aos 30 mil associados do GNU, sendo 20,35% moradores do bairro Petrópolis.

A aprovação foi confirmada no dia 18 de setembro, depois da Assembleia Geral com os associados e o Conselho Deliberativo do GNU, posterior à assembleia no PTC, que ocorreu no dia 28 de agosto. Com a decisão, a sede União Petrópole Tênis Clube soma-se às sedes Ilha do Pavão, Moinhos de Vento e Alto Petrópolis.

Vivemos um momento especial. Tudo foi pensado em nome do nosso associado, que é o maior patrimônio de qualquer clube. Agora, passaremos a contar com quatro sedes, o que reforça a nossa posição entre os maiores clubes do Brasil – confirma o presidente do GNU José Naja Neme da Silva.

 

Infraestrutura

Igualando-se em infraestrutura a grandes clubes do Brasil, a quarta sede agregará ao patrimônio do GNU mais de 22 mil/m² em bairro nobre da Capital gaúcha, espaço avaliado em cerca R$ 30 milhões de reais.

As quadras de tênis estão em bom estado de conservação, prontas para uso imediato. Outros espaços, porém, exigem reparos. Os primeiros investimentos serão na piscina de lazer e seus vestiários, para que os locais estejam à disposição já na temporada de piscinas 2017/2018, e no ginásio poliesportivo, que tem previsão para uso exclusivo do Clube no início do próximo ano.

Veja no vídeo abaixo a infraestrutura da sede União Petrópole Tênis Clube:

 

Terceirizados

Respeitando as normas definidas com a incorporação, o ginásio esportivo e as aulas nas piscinas térmicas têm suas especificações. O GNU vai honrar os contratos firmados com os terceirizados pela gestão passada do PTC.

No caso do ginásio esportivo, o contrato finaliza em março de 2018 e o União assume, em definitivo, a partir de abril. Já com relação à piscina térmica, o contrato encerra-se em 2020.

É importante ressaltar que todos os investimentos serão feitos com responsabilidade, respeitando o orçamento do GNU.

 

> Veja como foi o processo de incorporação do Petrópole Tênis Clube

 

Foto: Realiza/João Mattos