Instagram Youtube Flickr

Nota oficial | Suspensão do acesso de veículos ao Cais do Porto

Atualização em 1º de junho de 2018

 

O acesso de veículos ao Cais do Porto, onde localiza-se a doca de onde zarpam as barcas do Grêmio Náutico União (GNU) rumo à sede náutica na Ilha do Pavão, será suspenso a partir da próxima segunda-feira, 5 de março. O motivo é o reinício das obras de revitalização do espaço pelo consórcio Cais Mauá do Brasil. Desta forma, nem o acesso de carros/motos e nem o estacionamento no local será mais permitido.

O GNU aguardou o recebimento do ofício da Cais Mauá com a confirmação, mas isto não ocorreu até a manhã desta sexta-feira (2) – motivo que levou o clube a não informar seus associados antes, visto que a situação não estava oficializada. A nova previsão de recebimento do documento oficial é nesta sexta-feira à tarde.

 

Como funcionará?

Segundo a Cais Mauá, a partir de segunda a entrada no Cais do Porto poderá ocorrer de duas formas:

– Através de táxi*, que acessarão o local, deixarão o passageiro e depois sairão. O associado que estiver sendo transportado, porém, deverá apresentar sua carteira do clube;

– A pé, pela passagem de nível em frente ao Mercado Público. O local tem segurança particular das 7h às 19h e, segundo a Cais Mauá, será revitalizado em breve.

* Carros de aplicativos de transporte não são permitidos

O Clube seguirá trabalhando para diminuir o prejuízo para seus associados e divulgará todas as novidades sobre esta situação em seus canais de comunicação.

 

Outras dúvidas

Por que o GNU não informou seus associados antes?

Desde que iniciaram os rumores, o Clube realizou os contatos devidos com a Cais Mauá e aguardou a oficialização através do recebimento do documento emitido pela empresa, o que acabou não ocorrendo até a manhã desta sexta-feira.

Algum tipo de veículo poderá entrar e estacionar no Cais do Porto?

Apenas automóveis de órgãos oficiais no âmbito municipal, estadual e federal. Carros particulares não poderão. Táxis ou carros de aplicativos de transportes terão acesso autorizado apenas para deixar o passageiro na doca do União, não sendo permitido ficar no local.

Há distribuição de algum tipo de selo para acesso?

Não. Trata-se de um boato que circulou nas últimas semanas.

O GNU é a única entidade/empresa privada com restrição de acesso?

Não. Todas as demais entidades/empresas privadas encontram-se na mesma situação do Clube.

Porque o Clube não utiliza a entrada para o Cais do Porto no final da avenida São Pedro, cruzamento com a Voluntários da Pátria, que era usado na década de 1990?

Porque aquela área também é de responsabilidade da Cais Mauá, que não se manifestou sobre a possibilidade de viabilizar o acesso através deste local.