Instagram Youtube Flickr

Gabriela Cordeiro e Matheus Evangelista conquistam título em águas abertas

Atletas brasileiros e estrangeiros de ultramaratonas aquáticas participaram neste último sábado (02/05), em Manaus, da maior prova do Brasil, o Rio Negro Challenge Amazônia 30KM, que busca homologação no Grand Prix Mundial de Águas Abertas da Federação Internacional de Natação (FINA).

O Grêmio Náutico União (GNU) se sagrou o grande campeão da prova. Gabriela Cordeiro e Matheus Evangelista, 21 e 22 anos respectivamente, asseguraram a primeira colocação em suas categorias. Betina Lorscheitter, também do GNU, foi terceira.

No feminino, Gabriela tinha o único objetivo de completar o percurso, pois essa era sua primeira participação numa ultramaratona aquática. No entanto, a mineira surpreendeu ao cravar o tempo de 5 horas, 32 minutos e 10 segundos e vencer o desafio. Matheus, por sua vez, impôs seu ritmo e não deu chances para os adversários estrangeiros na disputa masculina. O gaúcho venceu a prova em 5 horas, 22 minutos e 4 segundos.

Minha meta era só completar, pois nunca tinha feito uma prova tão longa, mas me superei. A distância foi bastante complicada, a temperatura da água também estava bem alta e dificultou, mas aguentei – afirmou Gabriela.

Nadar os 30 quilômetros já é uma grande vitória e tive a felicidade de estar num bom dia e impor um ritmo forte desde o começo. Essa vitória não é só minha, com certeza tem muita gente que me ajudou a chegar até aqui. Estou muito contente – comemorou Matheus.

A prova se equipara a grandes eventos mundiais, como duas maratonas na Argentina (com 57km e 88km), duas no Canadá (32km e 34km), a Travessia da Ilha de Manhattan, nos Estados Unidos (42km), a Travessia Capri-Napoli, na Itália (36km), e a Travessia do Canal da Mancha (34km).



Skip to content