Instagram Youtube Flickr

Equipes de Basquete disputam campeonatos de base

O final de julho e o início de agosto foi movimentado para o Basquete do Grêmio Náutico União (GNU). Não faltaram cestas, chuás, tocos e jogos emocionantes para os atletas unionistas da modalidade. Foram duas importantes competições disputadas simultaneamente, o 19º Encontro Sul-Americano de Basquete e a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB). Dos mais jovens aos mais experientes, a dedicação e o entusiasmo transpiravam feito suor pelo manto unionista.

Liga de Desenvolvimento de Basquete

Jogando contra as principais equipes do País, o time sub-22 terminou sua participação na primeira fase da LDB. Uberlândia (MG) recebeu os primeiros jogos da principal competição de base brasileira, que aconteceu de 24 de julho a 02 de agosto. Promovido pela Liga Nacional de Basquete, o torneio termina em novembro de 2015 e reúne 24 equipes de todo o País, incluindo a Seleção Brasileira Sub-17.

Em solo mineiro, os atletas da categoria sub-22 foram dirigidos pelo técnico Leonardo Guimarães (Pimenta) e, apesar do bom volume de jogo, não conseguiram vitórias nas sete partidas que disputaram. No jogo inicial, o time foi batido pelo Sport Recife pelo placar de 41×61. Na sequência, foi derrotado por Pequeninos Remo (53×75), Basquete Cearense (33×78) e Minas Tênis Clube (52×104). A melhor apresentação veio contra o Joinville: em uma partida decidida nos detalhes, os catarinenses levaram a melhor por 72×67. Os dois últimos duelos foram contra o Basquete Curitiba (46×65) e Concórdia (58×83).

O GNU busca agora a reabilitação na próxima etapa da Liga, na qual as equipes estarão divididas em três sedes com oito times em cada. Entre os dias 25 e 28 de agosto, o time unionista joga em Bauru, contra Pinheiros (SP), Paulistano/Unimed (SP), Palmeiras (SP), Internacional de Regatas/Santos, Associação Concordinense de Basquetebol/ACOB (SC), AABJ/Joinville (SC) e Basquete Curitiba/Círculo Militar do Paraná (PR).

Encontro Sul-Americano de Basquete

Já as categorias de base disputaram o Encontro Sul-Americano de Basquete, em Novo Hamburgo. Disputada em duas semanas, a competição reuniu grandes nomes da modalidade em âmbito nacional. Na primeira etapa (20 a 25 de julho) aconteceram os jogos dos times sub-12 e sub-13 masculino, além do sub 14 feminino. Já na segunda seção (27 de julho a 1º de agosto), as categorias sub-14 e sub-15 masculino e sub-16 feminino entraram em quadra. O GNU disputou o torneio nas categorias masculinas sub-12, sub-13 e sub-14, garantindo a medalha de bronze no sub-13.

A medalha no Sub-13

Comandados pelo treinador André Scott, os unionistas mostraram bom desempenho e regularidade durante todo o campeonato.  Na estreia, venceram o time do Mackenzie por 64×37. Na sequência das partidas classificatórias, mais resultados positivos contra a Ginástica (56×33), LUSB (32×19) e Olympico (43×34).

Classificado para a fase melhor de seis da Série Ouro de forma invicta, o time disputou a vaga para a semifinal contra o Flamengo e a Sogipa. Contra os cariocas, a vitória veio em um jogo disputado, por 42×36. Já no clássico porto-alegrense, os atletas do GNU não deram chances ao adversário e, impondo o ritmo de jogo, saíram vitoriosos com o escore de 60×37.

O único revés aconteceu justamente na semifinal, para o LUSB. Em uma partida equilibrada, os rivais levaram a melhor por 30×20. Mas a derrota não desanimou os jovens atletas, que se recuperam do resultado negativo e venceram a disputa do terceiro lugar contra o Flamengo. A medalha de bronze foi conquistada após os unionistas baterem o time do Rio de Janeiro por 44×37.

Dificuldades para o Sub-12

Os unionistas mais jovens não tiveram uma estreia fácil. Sob o comando de Rafael Martins dos Santos, ingressaram diretamente na série Ouro e, no duelo inicial, o time perdeu para o Mackenzie por 23×33. No dia seguinte, passada a ansiedade da primeira partida, o grupo se recuperou e bateu o Taguatinga por 55×17. O time voltou a ser derrotado nas três partidas seguintes, contra Girafinhas (15×68), Minas Tênis Clube (25×81) e Fluminense (32×63).

Com os resultados, o GNU não conseguiu a classificação para a fase melhor de seis, mas ainda havia dois desafios pela frente. Contra as fortes equipes Baby e Mackenzie, a equipe não conseguiu mostrar seu melhor jogo e foi derrotada pelos escores de 23×53 e 33×44, respectivamente. A campanha rendeu o 7º lugar ao Clube.

Duas equipes no Sub-14

Competindo no segundo final de semana do Encontro Sul-Americano, o GNU enviou duas equipes para a modalidade sub-14; os grupos foram divididos em A e B. A primeira equipe enfrentou dificuldades na estreia e perdeu para o A. Cabral pelo placar de 38×48. Na sequência, os jovens foram derrotados por 23×45 pelo Fluminense e por 47×59 pelo Náutico.

Foi somente nas últimas partidas que o time encontrou seu melhor jogo. A primeira vitória veio contra o Taguatinga, em uma disputa dominada pelos gaúchos e que terminou com o escore de 57×29. Apesar do esforço, perdeu para o Sinodal por 34×40. A despedida da competição foi com vitória sobre o Botafogo por 49×29.

Já a equipe B não conseguiu apresentar um bom volume de jogo e deixou o campeonato sem nenhuma vitória. Na estreia, contra o Minas Tênis Clube, foi derrotada por 23×70. Os demais adversários foram APAGEBASK (31×50), Flamengo (21×48), Cestinha (27×41), Thalia (19×44), Ginástica (29×42) e Mackenzie (21×33).

O Departamento de Basquete do Grêmio Náutico União conta com o patrocínio da Tri Hotéis. A empresa é uma rede gaúcha de hotéis com atuação em diversas cidades do Estado.

Crédito da foto: Arquivo pessoal/Divulgação



Aplicativo GNU

Skip to content