Instagram Youtube Flickr

GNU renova a presidência de seus conselhos

Na noite dessa segunda-feira (23/11), o Teatro do Grêmio Náutico União (GNU) recebeu um grande quórum para eleger as novas lideranças dos conselhos Deliberativo, Superior, Fiscal, Justiça e Planos e Construções.

O primeiro compromisso da noite reuniu mais de 150 associados na Assembléia Geral Ordinária, elegendo a renovação de mais de 1/3 dos integrantes do Conselho. Em seguida, a Reunião do Conselho Deliberativo reuniu 184 conselheiros, que deram posse aos 79 novos membros. Na mesma ocasião, os conselheiros Isaias Lopes da Silva, Salvador Amodeo Neto e José Augusto Fontes da Silveira foram reeleitos como presidentes dos conselhos Fiscal, Obras e Construções e de Justiça.

Também houve troca na presidência dos conselhos Deliberativo e Superior. Sérgio Alexandre Chedas Bechelli deixou a presidência do Deliberativo e assumiu a vice-presidência do Superior, que será presidido pelo ex-presidente Evaldo Rodrigues de Oliveira, que substituirá Plínio Paulo Bing.

O ponto alto da noite foi a eleição do novo presidente e vice-presidente do Conselho Deliberativo. Após muitos anos, duas chapas concorreram no pleito. O ex-presidente e então vice-presidente do Conselho Saulo João Duarte e Luis Carlos Bergamin foram eleitos como presidente e vice, respectivamente, por 107 votos contra 73, recebidos pela chapa formada pelo então vice-presidente do Conselho Deliberativo, Ruy França Neto, e pelo assessor jurídico Newton Domingues Kalil, candidatos à presidente e vice, respectivamente.

O mandato dos novos conselhos é de dois anos, podendo ser renovado por mais dois. No término da noite, os conselheiros celebraram num jantar preparado pela Confraria União Cooks.

 

Foto|Legenda: Da esquerda para direita, Sérgio Alexandre Chedas Bechelli, Evaldo Rodrigues de Oliveira ( nova dupla à frente do Conselho Superior), Francisco Miguel Schmidt e José Naja Neme (presidente e vice-presidente do GNU) e Saulo João Duarte e Luis Carlos Bergamin (nova dupla à frente do Conselho Deliberativo).

 

Foto| Crédito: Bruno Todeschini



Skip to content