Instagram Youtube Flickr

Ministro do Esporte entrega 300 tatames e 240 kimonos para o judô

O ministro do Esporte, George Hilton, fará, neste sábado (14), às 11h, em Porto Alegre (RS), a entrega oficial de equipamentos de judô adquiridos pelo Grêmio Náutico União (GNU) por meio de convênio celebrado com a pasta. Em 2012, o clube gaúcho celebrou convênio com o Ministério do Esporte para a aquisição de equipamentos esportivos visando à preparação de atletas brasileiros das modalidades do judô, remo, natação, esgrima adaptada e ginástica artística para competições nacionais e internacionais, além de equipamentos para o departamento de medicina esportiva. A entrega acontecerá durante o Grand Prix Infraero de Judô para Cegos, que acontece de sexta (13) a domingo (15), na sede Moinhos de Vento. O campeonato, que reúne cerca de 170 atletas, é uma das principais competições de judô para cegos no Brasil e serve como preparação para a Seleção Brasileira. Esta será a segunda vez que o ministro visita o Clube, a primeira foi durante o Sul Americano Master de Remo.

O convênio celebrado pelo GNU com o Ministério, no valor de R$ 4 milhões, permitiu ao Clube a compra de 300 tatames e de 240 kimonos para treino das equipes de judô. Além dos equipamentos para o judô, o clube adquiriu 17 barcos da marca italiana Filippi e equipamentos auxiliares específicos do remo. Os barcos foram entregues pelo ministro George Hilton em maio deste ano. Os barcos italianos são os mais utilizados por equipes de outros países que disputam as principais competições mundiais. Também foram adquiridos cadeiras de rodas e uniformes para a esgrima adaptada.

Ainda foram entregues vários equipamentos para a academia dos atletas, como esteiras profissionais, elípticos, bicicletas spinning, gráviton e demais equipamentos para treinamento de força e resistência; o departamento médico esportivo recebeu equipamentos para atendimento de fisioterapia, nutrição, cinesioterapia e medicina esportiva o que permitirá um atendimento de excelência aos atletas do GNU. E com os novos uniformes, também adquiridos pelo convênio, os atletas estarão representando o Clube e o ME.

Além desse apoio, o Ministério fez outro convênio com o clube, em 2011, no valor de R$ 3 milhões, que possibilitou ao GNU a aquisição de 16 barcos alemães, da marca Empacher. Esses barcos, ao lado dos italianos, também são muito usados por equipes finalistas em disputas internacionais. Com esse convênio, o clube também comprou equipamentos esportivos para a natação (blocos de saída, cronômetros, placas de chegada, cross over, gráviton, entre outros), para a ginástica artística (tablados, colchões, trave de equilíbrio, barras paralelas entre outros) e para a esgrima (pistas oficiais de alumínio, protetores de peito, floretes, sabres, máscaras e luvas).

As compras fazem parte do investimento do governo federal para garantir boa preparação aos atletas brasileiros e o desenvolvimento do esporte. Essas ações asseguram legado amplo e duradouro às modalidades, de modo a beneficiar as futuras gerações do esporte nacional. Além do GNU, diversos clubes formadores de atletas estão recebendo recursos para melhorar e ampliar sua estrutura. Várias modalidades olímpicas e paralímpicas também estão recebendo apoio para compra de novos materiais, contratação de profissionais, organização de competições e fomento a categorias de base.

Lei Agnelo/Piva

O GNU também recebe recursos das loterias federais, descentralizados pela Confederação Brasileira de Clubes (CBC). O clube gaúcho teve projeto aprovado na primeira chamada pública da CBC para receber R$ 973 mil e investir na formação de atletas olímpicos e paralímpicos. Em 2011, uma mudança na Lei Pelé, feita pela Lei 12.395/11, incluiu a CBC como beneficiária de 0,5% do total da arrecadação das loterias da Caixa Econômica Federal ao lado do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). O Governo Federal apoiou os clubes, tradicionalmente os grandes formadores de atletas do país, em sua reivindicação de receber parte da arrecadação das loterias federais. Para que fosse possível a inclusão da CBC nos repasses da Lei Agnelo/Piva, o Ministério do Esporte abriu mão de porcentagem do que lhe cabe das loterias.

Além disso, recentemente, o Clube assinou convênio junto a CBC, referente a participação em competições, que irá subsidiar passagens, hospedagens, alimentação e taxas para as modalidades de esgrima, natação, remo, GA, GR e judô, no valor de R$1,5 milhão.

Bolsa Atleta – Além do investimento em equipamentos de ponta, 53 atletas do judô para cegos de todo o país são patrocinados pelo programa Bolsa Atleta para se dedicar ao esporte. São dez atletas na categoria Estudantil, 37 na Nacional, quatro na Internacional e dois na categoria Olímpica/Paralímpica. O total do investimento é de R$ 618,3 mil por ano. No Rio Grande do Sul, três atletas do judô para cegos estão contemplados no programa: Cristina Mazuhy Antunes, Giovana Pilla e Hélio Roberto Passos (todos da categoria Nacional).

Outros sete atletas paralímpicos são patrocinados pela Bolsa Pódio, programa que faz parte do Plano Brasil Medalhas e é destinado a brasileiros que figuram entre os 20 melhores do ranking mundial em modalidades olímpicas e paralímpicas. São eles: Antônio Tenório da Silva, Deanne Silva de Almeida, Karla Ferreira Cardoso, Lúcia da Silva Teixeira, Michele Aparecida Ferreira, Wilians Silva de Araújo e a gaúcha Luiza Guitieres Oliano. O investimento é de R$ 1 milhão por ano.

Judô olímpico – Em todo o país, 235 atletas da modalidade são contemplados com a Bolsa Atleta, num investimento de R$ 2,5 milhões por ano. Desse total, 20 são da categoria Atleta de Base, 57 da categoria Estudantil, 117 da Nacional, 39 da Internacional e dois da categoria Olímpica/Paralímpica. Entre os atletas contemplados, 26 nasceram no Rio Grande do Sul (16 em Porto Alegre). Por meio da Bolsa Pódio, 22 atletas do judô olímpico são patrocinados. Entre eles, três são do Rio Grande do Sul: Maria de Lourdes Portela, Mayra Aguiar e Rochele Jesus.

Foto:Mariana Fontoura ( destaque) e Anna Magagnin ( galeria)

 Informações

Assessoria de Imprensa Ministério do Esporte
Contato: (61) 9978-5658
imprensa@esporte.gov.br
WWW.esporte.gov.br  / WWW.brasil2016.gov.br



Skip to content