Instagram Youtube Flickr

Projeto Verão: diversão em família

Mais uma edição do Projeto Verão do Grêmio Náutico União (GNU) chegou ao fim. O incentivo a prática de esporte como instrumento educacional é o objetivo de muitos pais na criação dos filhos. Muitos deles confiam no Clube e inscrevem mais de um filho, resultando no sucesso do Projeto, que contabilizou 240 crianças divididas em nove turmas por faixa etária.

Além da transmissão dos valores da prática esportiva, as novas amizades também são bem vindas. Mas têm aqueles que contam com um companheiro fiel desde o nascimento. Este ano o Projeto contou com a presença de quatro irmãos gêmeos.

Um deles, Olavo e Pedro Blume, que estavam na turma Azul Claro (5-6 anos). A mãe Camila Blume acredita que é uma oportunidade de vivenciar os esportes. “Nós só estávamos esperando os guris completarem a idade mínima para inscrevê-los”, conta. As semelhanças e diferenças ao longo das aulas foram notáveis para os orientadores. Larissa Chiaradia, orientadora da turma, comenta o comportamento dos irmãos durante as aulas: “Apesar de serem muito parecidos, a personalidade é totalmente diferente. Mas os dois são muito ativos, o que tiver que fazer, eles fazem”. Ambos são incentivados a serem independentes um do outro. A mãe conta que aos 4 anos de idade, foram separados de turma no colégio. Cada um possui suas preferências e amizades. Na hora da briga eles sabem se resolver sozinhos, chegando a uma conclusão em conjunto.

Disciplina e Valores

Aprender a seguir regras, ser menos individualista, respeitar o próximo, colaborar, ter responsabilidades e compromissos… Esses são alguns dos pontos positivos no alinhamento de ambos. A transmissão desses conhecimentos fica por conta da supervisão de um profissional adequado.

Experiente no Projeto, Rafael Santos (“Toca”) começou há sete anos como orientador de turmas, e hoje ministra as aulas como professor de basquete. Acostumado a treinar equipes de alto rendimento do GNU, ele conta que é preciso mudar a metodologia para as crianças. A didática deve ser acertada de acordo com a faixa etária, mas os exercícios, normalmente, se tornam mais curtos e as repetições menores. O peso da bola, no caso do basquete, é diferente também. Muitas vezes o tratamento deve ser mais rígido, já que o comprometimento e foco das crianças não são os mesmo comparados às equipes de alto rendimento.

“Se eu conseguir transmitir os meus valores para 10% das 200 crianças que passam aqui pelo Projeto, eu já estou feliz”, confessa Rafael. O reconhecimento após o término das atividades fica marcado para ele, que recebe vários desenhos das crianças e guarda até hoje. Encontrar o pessoal, depois de alguns anos, nas dependências do Clube e ser reconhecido é algo que o deixa realizado.

O Projeto Verão é uma ação promovida pelo Grêmio Náutico União e tem o apoio da Fruki/Água de Pedra.

Foto: Vinícius Roratto



Skip to content