Instagram Youtube Flickr

Viviane Jungblut é campeã nos 1500m livre feminino

No segundo dia de finais no Troféu Maria Lenk 2017, mais uma medalha para o time do Grêmio Náutico União (GNU). E dessa vez dourada. Viviane Jungblut, nadadora de 20 anos que já havia conquistado a prata no primeiro dia de disputas, na final dos 400m livre feminino, foi campeã na prova dos 1500m livre, nesta quarta-feira (03), no Parque Aquático Maria Lenk, Rio de Janeiro.

Com o tempo de 16min27s57, a nadadora não quebrou por pouco o recorde brasileiro (diferença de 0,6 segundos) e fez sua melhor marca pessoal. Ela superou as representantes brasileiras de maratonas aquáticas nos Jogos Olímpicos de 2016, Poliana Okimoto e Ana Marcela Cunha.

Na mesma prova, Gabriela Cordeiro chegou em quarto lugar. Ainda nesta noite, Julia Volkmann disputou a final da prova dos 200m medley e chegou em quinto lugar. Outros dois unionistas disputaram as finais B e o Clube ficou em 4º lugar na disputa dos revezamento 4x200m livre.

 

> Veja como foi a conquista da medalha de prata por Viviane Jungblut nos 400m livre feminino

 

Desempenho dos unionistas nesta quarta-feira:

1500 Livre Feminino

Viviane Jungblut – 16min27s57 ( campeã)

Gabriela Cordeiro  – 16min52s86 (4º lugar)

Marina Amorim – 17min59s92 (10º lugar)

200 Medley Feminino

Final A: Julia Volkmann – 2min18s42 (5º lugar)

Final B: Laura Paludo, tempo 2min26s50 ( 8º lugar)

100 Costas Masculino

Final B: Gustavo Louzada – 57s53 (3º lugar)

Revezamento 4×200 Livre Feminino

Equipe GNU – 8min18s92 (4º lugar)

Julia Volkmann, Mariana Vignoli, Gabriela Cordeiro  e Viviane Jungblut

Revezamento 4×200 Livre Masculino

Equipe GNU – 7min26s45 ( 4º lugar)

Lucas Peixoto, Gustavo Louzada, Alexandre Finco e Fernando Scheffer.

 

Convênio CBC

O GNU em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) investe na formação de seus atletas através de recursos descentralizados da nova Lei Pelé.

CBC_Selo_Formacao_Atletas-1 - Site - Matérias

 

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA



Skip to content