Instagram Youtube Flickr

Judoca realiza sonho com convocação para Seleção Brasileira

Superação, sorriso e lágrimas acompanham os atletas, desde cedo, quando iniciam a trajetória de competições até a idade adulta, com carreira consolidada. Mas uma medalha conquistada traz, também, um significado maior. Medalha são sonhos realizados. E no Campeonato Brasileiro sub-15 Thainá Soares trouxe junto com a medalha dourada a realização de um sonho.

“Desde que entrei no Judô eu sempre sonhava com o momento que ia representar a Seleção Brasileira em outro país e eu realizei meu sonho, disse a atleta de 14 anos do Grêmio Náutico, campeã brasileira sub-15. A competição foi realizada nos dias 1º e 2 de setembro, em Blumenau ( SC). Além dela, outros quatro atletas do Clube participaram. Da competição, os unionistas voltaram com quatro medalhas e duas convocações para a Seleção brasileira. Thainá, campeã Meio Leve ( – 44kg) e Júlia Ramos, vice-campeã Pesado ( -73 kg) garantiram, com as medalhas, a participação no Pan-Americano de Judô, que ocorrerá em Guayaquil no Equador.

A pequena Thainá superou adversárias maiores e em altura e a si própria na conquista. “Foi a primeira competição que eu não estava nervosa, porque eu sabia que podia ganhar e então confiei em mim e ganhei”, relatou a judoca para orgulho da mãe Taís Helena, que conta outra batalha particular da filha, comum a muitos judocas e invisível a quem assiste as lutas. “Ela ama o Judô e isso faz ela continuar todo o dia superando as lesões”, conta a mãe.
Thainá e Júlia já treinam e realizam os preparativos para a primeira viagem internacional na condição de judocas da Seleção Brasileira sub-15.

Resultados atletas GNU – Campeonato Brasileiro sub-15

Thainá Soares – campeã Meio Leve (-44kg)
Júlia Ramos – vice-campeã Pesado (-73kg)
Kimberly Cabral – bronze Médio (-58kg)
Lucas Paza  –  bronze Pesado (-73kg)
Claiton Faria – 5º lugar Ligeiro (-40kg).

Convênio

O GNU em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) investe na formação de seus atletas através de recursos descentralizados da nova Lei Pelé.

Fotos: Anna Magagnin



Aplicativo GNU

Skip to content