Instagram Youtube Flickr

Torneio Open mostra a cara da nova geração brasileira na melhor participação histórica do GNU

O Clube gaúcho encerra Torneio Open de Natação na terceira colocação geral entre clubes. A competição ficou marcada pela quebra de 7 recordes, incluindo um novo recorde Sul-Americano estabelecido por Fernando Scheffer, ex-atleta do Clube, que consolida a firmação da nova geração da natação brasileira.

Após três dias e cinco etapas de provas, o Torneio Open de Natação 2018 encerrou-se, nesta sexta (21) de maneira muito positiva para a natação brasileira e para o Grêmio Náutico União, que sediou essa edição da competição.  Com 122 atletas de 25 clubes de todo o país na competição que encerrou oficialmente o calendário da modalidade, o Torneio Open mostrou os rostos dos nadadores que devem, cada vez mais, se afirmar na seleção brasileira, cuja média de idade é em torno de 21 anos. E essa renovação passa pelas braçadas dadas nos treinamentos das piscinas do Parque Aquático Newton Silveira Netto.

Coube a um atleta revelado pelo Clube, Fernando Scheffer, do Minas Tênis Clube, a quebra do único recorde sul-americano na competição. Viviane Jungblut, do GNU, após sua participação no Open, se credencia, cada vez mais, como uma das principais nadadores brasileiras a nível internacional. E jovens nadadores, como Lucas Peixoto, com 18 anos, também do GNU, passam a ocupar um lugar de destaque entre os principais nadadores do país.

GNU obtém melhor desempenho da história

No Torneio Open, o Clube gaúcho ficou com a terceira colocação geral entre clubes, estabelecendo a melhor participação de sua história no certame, com 760 pontos. O clube Pinheiros ficou com a segunda colocação ao somar 893 pontos e o grande campeão foi o Minas Tênis Clubes com 1240 pontos. Fechando o top-5 ficaram Corinthians com 677 pontos e Sesi-SP com 644 pontos, na quarta e quinta colocação, respectivamente.

Quando separadas as categorias o desempenho foi igualmente expressivo. O feminino ficou com a segunda colocação geral somando 470 pontos, atrás apenas do Sesi-SP, que somou 552 pontos. Já o masculino garantiu a quarta colocação com 290 pontos.  Os resultados completos podem ser acessados diretamente no site da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos.

O desempenho unionista nessa edição do Torneio Open superou em muito os resultados da edição passada. Em 2017, foram 5 medalhas, sendo 2 ouros e 2 pratas. Nesta, foram conquistadas 14 medalhas, sendo 3 ouros, 7 pratas e 4 bronzes.

O Torneio Open encerrou o calendário oficial da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). O GNU encerrou o ano de 2018 na sétima colocação do Ranking Nacional de Clubes.

Destaques Unionistas

Viviane Jungblut, especialista em provas de fundo, conquistou três medalhas nas disputas dessa modalidade. Nos 800m e 1.500m Livre Feminino, a nadadora garantiu o ouro. Já nos 400m Livre Feminino, prova de meio fundo, Vivi ficou com a prata.

Gustavo Louzada também garantiu três medalhas: ouro nos 200m, prata nos 50m e bronze nos 100m, todas na categoria Costas Masculino. Outro destaque para o Grêmio Náutico União no Torneio foi a prova dos 200m Livre Masculino, que teve no pódio dois nadadores formados no clube, Fernando Scheffer e André Pereira, e Lucas Peixoto,  atleta que integra a equipe do GNU.

“Acho muito bom ver que o caminho que a gente traçou pra eles foi certo, fico feliz que eles tenham alcançado todas essas conquistas que tiveram. O Lucas é o mais novo deles, continua no GNU e, podem ter certeza, vai brigar para entrar numa vaga da Seleção Brasileira já pra Tóquio”, afirma Christiano Klaser, técnico unionista.

 

Todos os medalhistas do GNU

Viviane Jungblut – 800m Livre Feminino – OURO

Viviane Jungblut – 1.500m Livre Feminino – OURO

Viviane Jungblut – 400m Livre Feminino – PRATA

Laura Paludo – 200m Medley Feminino – BRONZE

Laura Paludo – 400m Medley Feminino – BRONZE

Betina Lorscheitter – 800m Livre Feminino – PRATA

Betina Lorscheitter – 1.500m Livre Feminino – PRATA

Júlia Peixoto – 200m Borboleta Feminino – BRONZE

Graciele Hermann – 100m Livre Feminino – PRATA

Graciele Heramann – 200m Livre Feminino – PRATA

Gustavo Louzada – 200m Costas Masculino – OURO

Gustavo Louzada – 50m Costas Masculino – PRATA

Gustavo Louzada – 100m Costas Masculino – BRONZE

 

Recordes Quebrados

Durante os três dias de competição novas marcas foram alcançadas, estabelecendo sete novos recordes. Fernando Scheffer (Minas Tênis Clube) estabeleceu novo Recorde Sul-Americano e Brasileiro na prova de 200m Livre Masculino. Viviane Jungblut, atleta do Grêmio Náutico União, quebrou o Recorde do Campeonato na prova dos 1.500m Livre Feminino. Jhenifer Alves (Pinheiros) estabeleceu nova marca de Campeonato nos 50m Peito Feminino. Miguel Valente (Minas Tênis Clube) quebrou o Recorde de Campeonato na prova dos 8000m Livre Masculino. Todas essas marcas foram válidas pela categoria Absoluto.

Gustavo Saldo, do clube Curitibano, de apenas 15 anos, participou do Torneio Open e estabeleceu três novos recordes na categoria Juvenil 1, em diferentes provas. Agora, o nadador detém as marcas nas provas dos 200m e 400m Livre Masculino e 200m Borboleta Masculino. O atleta vive grande ano, pois já havia quebrado recordes de categoria no Troféu Chico Piscina e no Campeonato Brasileiro Juvenil, também sediado pelo GNU, na última semana.

 

Confira como foi cada uma das etapas do Torneio Open.

1ª etapa: VIVIANE JUNGBLUT CONQUISTA A PRATA NO PRIMEIRO DIA DE OPEN

2ª etapa: GNU FINALIZA SEGUNDA ETAPA COM QUATRO MEDALHISTAS

3ª etapa: GNU GARANTE MAIS 3 MEDALHAS NAS PROVAS DA TERCEIRA ETAPA DO OPEN

4ª etapa: QUEBRA DE RECORDE SUL-AMERICANO NA PISCINA DO GNU

5ª etapa: DOBRADINHA UNIONISTA EM PROVA LONGA

 

Torneio Open 2018

O Torneio Open 2018 ocorreu de 19 a 21 de dezembro na sede Moinhos de Vento (Rua Quintino Bocaiúva, 500). A competição foi uma realização do Grêmio Náutico União e da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), tendo o apoio da Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos e patrocínio dos Correios e Sulgás, responsável pelo aquecimento oficial do Parque Aquáticos do GNU. A realização do torneio integrou o projeto Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação e Torneio Open de Natação 2018, que é financiado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, por meio do PRÓ-ESPORTE RS LIE.

Convênios e Patrocínios

O escritório Dias da Silva Advocacia apoia a Natação do Grêmio Náutico União de Alto Rendimento.

O GNU em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) investe na formação de seus atletas através de recursos descentralizados da nova Lei Pelé.

 

Fotos: André Antunes/ A.G.U.A Fotografia



Skip to content