Instagram Youtube Flickr

Flamengo campeão CBI Jovens Talentos 2019 – 2ª etapa

A equipe do Flamengo foi a grande campeã do Campeonato Brasileiro Interclubes Jovens Talentos – 2ª etapa, realizado entre os dias 14 e 17 de novembro, na Ilha do Pavão. A equipe do Vasco da Gama ficou em segundo lugar, seguido do GPA. O GNU finalizou a competição em quarto lugar. Com recorde de inscritos, 237 e 20 clubes, a regata foi a maior desde o começo das competições Jovens Talentos.

O CBI Jovens Talentos é a única competição nacional da base voltado a jovens de 14 a 18 anos, e é promovido pelo Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), organizado pelo GNU e Confederação Brasileira de Remo, com apoio do Remosul. A atual edição foi considerada um sucesso pelos organizadores, participantes e entusiastas da modalidade no geral. O torneio chamou a atenção até de outros países. O clube Mercedes do Uruguai participou do campeonato na condição de convidado e elevou o nível do torneio, avaliado pelos organizadores como o mais alto. Os uruguaios tiveram um ótimo desempenho e conquistaram um primeiro lugar, quatro segundo lugares e três terceiros.

“Estamos muito satisfeitos com os feedbakcs positivo e o alto nível, com a certeza de que daqui podem sair campeões brasileiros e atletas que representarão nosso país em competições internacionais”, destacou o vice-presidente de Esportes, Paulo Prado. “Tínhamos a meta de classificar nossos barcos masculinos na final e conquistamos este objetivo, além de vencermos a prova no ano que antecede a entrada na equipe sênior de três de nossos atletas, o que contribui neste processo de transição na evolução deles” resumiu o coordenador do Departamento de Remo, Manoel Azzi. No barco Four Skiff Masculino Júnior A, a equipe unionista venceu a prova, com os mesmos atletas que já neste ano, mesmo em idade júnior, medalharam na mesa prova na competição sênior.

Ao final da regata, alguns ainda atletas participaram de uma prova festiva com barcos mistos de Oito com Timoneiro. 

 

A realização do Jovens Talentos é motivada por uma parceria do GNU com o CBC através do edital 07 que estimula a realização de torneios das categorias de base em todo o país. O CBC custeia as passagens e hospedagens das delegações dos clubes filiados, mas os torneios são abertos a outros clubes, inclusive internacionais. As competições ocorrem nos quatro anos do ciclo olímpico. Em 2020, o GNU receberá as duas últimas etapas do remo deste ciclo. A primeira etapa está prevista para maio de 2020.

 

Fotos: Anna Magagnin/GNU

Confira como foram as finais de sábado (16)

 



Skip to content