Instagram Youtube Flickr

Clube e atletas se adaptam no retorno aos treinos

A primeira semana de volta aos treinos de alguns atletas do Grêmio Náutico União, completada nesta quarta (20), foi marcada tanta pela alegria em voltar, para os esportistas e profissionais mais próximos, mas sinalizou um novo cenário que deve se estender a toda a população conforme a flexibilização das regras de isolamento social forem ocorrendo e sinalizam as novas rotinas e a adaptação da vida em um mundo com o Coronavírus.

É uma mistura de emoções, a gente ficou tanto tempo longe daqui e quando chegamos e vemos o clube vazio, é uma sensação estranha, mas no momento que a gente cai na água é uma felicidade bem grande. Eu nunca tinha ficado tanto tempo sem nadar, desde que comecei – contou Viviane Jungblut, que estava prestes a disputar a seletiva olímpica quando o isolamento social começou a ser aplicado no país.

Foi um período estranho, nunca fiquei tanto tempo em casa, nunca fiquei tanto tempo longe do ginásio – disse Luis Porto, atleta da Ginástica Artística.

Estou empolgado em voltar, é um pouco diferente, tem todo um protocolo, que não estávamos acostumados, a gente chega no clube, mede a temperatura, faz higienização – explica o nadador Fernando Ponte – Mas feliz por voltar a treinar na piscina. No primeiro dia foi pra matar a saudade.

A Sede Moinhos Vento abriu as portas para um grupo bastante restrito de atletas, dezesseis, de cinco modalidades (Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Natação, Remo e Tênis). O grupo inclui os esportistas destaques nacionais e que estão em disputa de vaga olímpica. Para abrir as portas, foram mobilizados 26 colaboradores incluindo técnicos, preparador físico, médica e setor Operacional, responsável pela manutenção e limpeza da sede. Para se adequar as normas dos decretos municipal ( nº 20.562 emitido dia 30 de abril) e estadual (nº 55.240, publicado dia 10 de maio), que regem as normativas no que refere-se a abertura de centros de treinamentos e clube, uma série de medidas está em execução.

Na chegada, todos têm a temperatura medida (em caso de detectada febre, o acesso não é permitido), a seguir passagem por tapete sanitizante. Todas as modalidades e setores têm álcool gel. As estruturas como academia, ginásio recebem, antes e após os treinos, uma pulverização com solução de quartenário de amônia – produto recomendado pela Anvisa para desinfecção de objetos e superfícies.

Os protocolos são diferenciados também, de acordo com cada modalidade. Na Natação, por exemplo, tem-se o cuidado de cada atleta ocupar apenas uma raia da piscina. Na Ginástica Artística, os atletas costumam higienizar com álcool gel quando outro colega for usar um aparelho. Na academia, antes de usar um aparelho ou equipamentos o próprio atleta ou treinador higieniza.

 

Cautela e cuidados também no planejamento dos treinos

Do ponto de visto esportivo, os treinadores e profissionais do Departamento Médico do Clube têm tomado uma série de cuidados para a adaptação após um longo tempo longe dos espaços de treinos.

É um processo lento e gradual pois dois meses longe é muito tempo, apesar deles terem se mantido ativos fazendo preparação física, a qualidade técnica e coordenativa muda muito, então estamos colocando eles em forma gradualmente, tecnicamente também e fisicamente no que é mais específico na modalidade – explicou o treinador de Ginástica Artística Leonardo Finco. Na modalidade, o GNU, juntamente com a Sogipa, são os primeiros clubes do país a voltar ao treinamento.

Tivemos que nos reinventar – explicou a coordenadora da Ginástica Rítmica, explicando que o uso de ferramentas virtuais auxiliou durante o período longe do Clube – Em casa, o foco era mais preparação física e manejo com aparelho e sem coreografia, fazíamos a distância aulas de balé, ginástica e aparelhos dentro do espaço que elas têm. Antes elas treinavam seis horas e após instaurado o isolamento caiu para cerca de três horas e meia, então planejamos junto com a fisioterapia, treinos focados na preparação física para não corrermos o risco de lesões – complementa.

 

Planejamento

A retomada dos treinamentos físicos para parte dos atletas está seguindo o protocolo de segurança elaborado pelo GNU para reabertura de suas quatro sedes, trabalhando com cenários de reabertura gradual ou completa. Referência para outros clubes, o plano define regras de higienização e segurança, todas alinhadas com as orientações dos órgãos públicos de saúde. O detalhamento do protocolo ocorrerá conforme as definições dos órgãos competentes.

 

> Se você possui alguma dúvida relacionada ao clube, entre em contato pelo email faleconosco@gnu.com.br ou através de nossos perfis nas mídias sociais. Nosso atendimento neste momento está ocorrendo apenas através dos canais digitais.

 

Fotos: João Mattos



Skip to content