Instagram Youtube Flickr

Viviane nada pela sétima vez abaixo do índice e conquista três medalhas de prata em Portugal

Após meses sem competir, os nadadores do Grêmio Náutico União tiveram bons desempenhos durante a disputa do Open de Loulé, torneio amistoso realizado entre os dias 14 e 16 de agosto, em Portugal. Viviane Jungblut, Alexandre Finco e Fernando Ponte participaram da competição representando a Seleção Brasileira com nadadores do Brasil, Portugal e Espanha.

Mesmo após seis meses sem competir, os resultados foram bastante satisfatórios considerando, também, o alto nível técnico dos adversários. Viviane conquistou três medalhas de prata e, pela sétima vez, em sua carreira nadou abaixo do índice olímpico ( 16min32s04)– marca que precisa conquistar na seletiva para garantir vaga aos Jogos Olímpicos.

“Com certeza isso me anima bastante, ainda mais nessa fase, pois a ansiedade e a vontade de voltar a competir era grande e por causa da pandemia ficamos um tempo sem conseguir treinar e depois, quando conseguimos retornar aos treinos, foi de uma forma diferente e gradual. Então, ter conseguido fazer o índice na primeira competição pós pandemia foi um resultado muito positivo’, destacou a gaúcha referindo-se ao seu desempenho nos 1500m Livre.

Viviane foi vice-campeã nas provas de fundo, além dos 1500m, a unionista conquistou o segundo lugar nos 400m e 800m. Alexandre Finco e Fernando Ponte, nadaram as provas de 800m e 1500m Livre, e Alexandre também nadou os 400m Livre, Finco, que beliscou o pódio atingindo tempos muito próximos às suas melhores marcas pessoais.

Confira o desempenho dos nadadores do Clube:

Viviane Jungblut

1500m livre – 2º lugar (16min27s31)
800m livre – 2º lugar (8min40s90)
400m livre – 2º lugar (04min14s98)

Alexandre Finco
800m livre – – 4º lugar ( 8min07s01)
1500m livre – 5º lugar (15min34s04)
400m livre – 6º lugar (03min56s71)

Fernando Ponte
1500m livre – 6º lugar (15min35s21)
800m livre – 8º lugar (8min25s16)

Os nadadores do GNU e o treinador Christiano Klaser integram a Missão Europa, training promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro ( COB) que proporcionou a Seleção Brasileira retorno aos treinos de forma mais intensiva e seguro em um país onde a pandemia já está em estágios mais controlados que o Brasil.

Fotos: Federação Portuguesa de Natação

Convênio
O GNU em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) investe na formação de seus atletas através de recursos descentralizados da Lei 13.756/18.



Aplicativo GNU

Skip to content