Instagram Youtube Flickr

HISTÓRICA: Carol Santiago leva mais um ouro e se torna a maior medalhista do Brasil

Na sexta e última prova pelos Jogos Paralímpicos de Tóquio, realizada na manhã desta quarta-feira (1), horário de Brasília, Carol Santiago conquistou mais uma medalha de ouro e se tornou a maior medalhista do Brasil em uma única edição dos Jogos. Na primeira, ela já havia feito história ao quebrar um jejum de 17 anos sem ouros na natação feminina. 

Desta vez, a conquista veio nos 100m peito SB12, com o tempo de 1:14.89, novo recorde paralímpico. Assim, a Carol finaliza sua participação com chave de ouro (literalmente): seis provas disputadas, seis finais garantidas, três medalhas de ouro, uma de prata, uma de bronze, dois recordes paralímpicos e um das Américas. 

 

Confira abaixo todas as conquistas da Carol:

OURO nos 50m livre S13 + recorde paralímpico (26.82)
OURO nos 100m livre S12 (59.01)
OURO nos 100m peito SB12 + recorde paralímpico (1:14.89)
PRATA no revezamento 4x100m livre misto 49 pontos (3:54.95)
BRONZE nos 100m costas S12 + recorde das Américas (1:09.18)

 

Ruiter Silva também participou deste oitavo dia de competição e encerrou sua participação nos Jogos Paralímpicos. Nas eliminatórias dos 200m medley SM9, disputadas na noite de ontem (31), ele completou a distância em 2:30.24 e não avançou para a final. 

 

Foto: Ale Cabral/ Comitê Olímpico Brasileiro (CPB)



Aplicativo GNU

Skip to content