Instagram Youtube Flickr

GNU estreia com medalhas no Campeonato Brasileiro Infantil de esgrima

A estreia dos jovens esgrimistas do GNU não poderia ser melhor. No primeiro dia do Campeonato Brasileiro Infantil de esgrima, disputado na última quinta-feira (4) no Clube Curitibano, na capital paranaense, definiu oito campeões. O dia foi do florete, espada e sabre, masculino e feminino, na categoria sub-9, ou seja, crianças com menos de nove anos de idade, e do sabre sub-11, com menos de 11 anos, também em ambos os naipes.

E com uma medalha de ouro e três bronzes, os pequenos unionistas começaram com tudo a competição nacional, que vai até o próximo domingo (7), em Curitiba.

Primeira medalha veio no Florete feminino Sub-9

No florete feminino sub-9, Ana Luiza Motta, de São Paulo, foi campeã vencendo por 9 a 6 a final contra Olívia Grahl, também paulista. Os bronzes ficaram com as semifinalistas Cecília Anele, do GNU, e Maya Schneider, de São Paulo. A campeã já havia sido a melhor na fase de ranqueamento vencendo os quatro jogos que fez. Entrou nas quartas de final como cabeça de chave e derrotou Cecília Anele por 9 a 3 na semifinal.

Na mesma categoria e arma, porém no masculino, Théo Arend, do GNU, ficou com o segundo bronze do dia ao ser superado por Kim Posses, que terminou como campeão nessa categoria. Posses foi o segundo melhor no ranqueamento, com as mesmas quatro vitórias de Antônio Fonseca, mas atrás na diferença de toques. Nas eliminatórias, entrou direto nas semifinais, onde derrotou Arend por 9 a 1.

Categoria Sabre Sub-11 consagrou Marcus Pinto como campeão

A categoria para meninos e meninas com menos de onze anos teve, no primeiro dia do Brasileiro Infantil de esgrima, apenas as disputas do sabre. O GNU brilhou no alto do pódio com o jovem Marcus Pinto, do GNU, ficou com o título ao bater na decisão, por 11 a 8, Joaquim Pelucio, o melhor no ranqueamento com sete vitórias em sete jogos. Na mesma categoria, Henry Douglas, também do GNU, ficou com o bronze. No ranqueamento, Marcus Pinto foi o segundo melhor com seis vitórias. Nas quartas de final ele passou por Guilherme Goivinho, por 11 a 3, e na semifinal derrotou Theo Baldin por 11 a 2.

A competição segue até domingo com o complemento da sub-11 e as quatro armas das categorias sub-13 e sub-15. As disputas são todas no individual, sem competição por equipes.



Aplicativo GNU

Skip to content